Post escrito por: Carolina Alves @carolfcr


Há 3 semanas, fiz minha primeira viagem sozinha para fora do Brasil. Foi rapidinho, 6 dias e 5 noites em Nova Iorque. Como eu já conhecia a cidade, fiquei mais tranquila em embarcar nessa aventura e deu para aproveitar muito e ir para lugares que faltava riscar da minha listinha.

Foi uma experiência incrível, da qual eu tenho muita gratidão por ter tido a oportunidade de ter vivido e desejo que muitas mulheres possam viver também!

Para ter dado tudo certo, tomei algumas precauções e compartilho com vocês 5 dicas que considero essenciais para quem vai passar ou pretende passar em breve por essa experiência incrível de viajar sozinha para fora:

1- Se prepare. Não é so pegar a mochila e ir. Certifique-se de que você leu bastante e aprendeu sobre o local para onde está indo, mesmo que já tenha ido outras vezes. Por exemplo, eu já tinha ido outras vezes para NY, mas acompanhada. Não era eu que precisava tomar TODAS as decisões. Uma boa ideia é ver vídeos de outras meninas que também foram sozinhas, às vezes dicas óbvias podem fazer toda a diferença. Lembre-se que será SEMPRE você SOZINHA para resolver tudo, então quanto mais você já souber antes, melhor.

2- Já saia do Brasil com chip de celular do país que está indo. Isso vai facilitar muito a sua comunicação com a sua família/namorado(a) assim que pousar e te ajudar a se localizar no transporte público entre aeroporto/hospedagem. Dependendo do país, o preço não varia tanto e vale muito mais a pena pela comodidade. Além disso, o suporte que a empresa oferece muito provavelmente vai ser em português, então se você tiver qualquer problema, é só ligar e falar com um brasileiro.

3- Escolha muito bem a hospedagem. Provavelmente você vai optar por se locomover de transporte público, certo? Então veja se fica próximo a ponto de ônibus ou metrô e uma dica de OURO: faça esse caminho exato no Google street view para ver por onde você vai andar todo dia. Eu desisti de um hostel por causa disso, o caminho do metrô até lá passava por baixo de uma ponte estranha e eu me imaginei andando por ali de noite. Não seria legal. Além disso, leia TODAS as reviews de todos os sites de hospedagem possíveis. Não feche correndo, escolha com cuidado.

4- Viaje leve! Você será a única pessoa disponível para carregar TUDO que irá levar, então quanto menos coisas, melhor. Subir e descer escadas e andar em grandes aeroportos e transporte público com muita bagagem além de cansativo, chama muito a atenção. Nessa viagem eu viajei só com mala de mão e foi a melhor escolha possível.

5- Tenha maldade. Observe como as pessoas locais agem, sempre tenha seus pertences consigo, precaução nunca é demais. Leve quantos cadeados forem necessários para se sentir segura. Não fique distraída com fone de ouvido em locais públicos e não dê papo para estranhos.

E BOA VIAGEM! 🙂